Regras da Liga

REGRAS DA LIGA

1. Geral

A LPV é uma Liga de Fantasy Basketball em formato “keeper”, na qual os times não são desfeitos ao final de uma temporada, permanecendo na competição ao longo dos anos e podendo ser alterados por dispensas, trocas, draft e com contratações de Free Agents.

Serão 24 times, divididos em 2 conferências de 12 times e em 4 divisões de 6 times cada.

Ao fim da temporada regular, os 8 times com melhor classificação em cada conferência irão para os playoffs.

2. Elencos e Salários

2.1. Elencos

O elenco de cada time deve ter no máximo 15 e no mínimo 12 jogadores. 

Os elencos devem ter pelo menos dois jogadores de cada posição (PG, SG, SF, PF e C). Alguns jogadores podem ter duas posições (“combos”). São possíveis os seguintes combos: PG/SG, SG/SF, SF/PF, PF/C.

As posições originárias de cada jogador utilizadas serão definidas de acordo com o site da ESPN (http://sports.espn.go.com/nba/players), exceto para os novatos, os quais seguirão as posições definidas pelo site NBADraft.net. 

Cada time deverá ter pelo menos dois jogadores para cada uma das posições principais (PG, SG, SF, PF e C), sendo que um combo conta para mais de uma posição.

As regras de elenco não precisam ser respeitadas entre uma temporada e outra. Ou seja, durante a chamada “offseason”, os times podem ultrapassar limites de salário e quantidade de jogadores, tendo apenas que voltar ao normal (via dispensas e trocas) até uma data limite estabelecida pouco antes da nova temporada começar, conforme calendário de cada offseason. Os limites de salário e de quantidade de jogadores também poderão ser ultrapassados dentro de uma semana de jogos, após o início dos jogos daquela semana, contanto que o time esteja novamente dentro das regras antes do início da próxima semana de jogos.

Se um time não respeitar o limite de salário ou as regras de elenco, ele receberá um aviso da Liga. Se não respeitar a regra mesmo depois do aviso, a própria Liga irá escolher quais jogadores do time serão dispensados, caso o time esteja acima do cap ou acima do limite máximo de jogadores, ou irá escolher quais jogadores serão incluídos no elenco, caso o time esteja abaixo do número mínimo de jogadores, para que o time se adeque às regras.

2.2. Salários

O teto salarial (“salary cap”) de cada time é de $70.000.000.

Os salários dos jogadores serão definidos pelos leilões de Free Agents.

Os jogadores manterão o mesmo salário durante todos os anos do contrato.

No caso de rookies, os salários seguem a “Rookie Scale”.

2.3. Draft de novatos

Haverá um draft de novatos, a ser realizado anualmente. 

A ordem do draft será definida a partir do sorteio real da NBA. O time com pior classificação na liga de Fantasy será representado pelo time com pior classificação real na NBA, o segundo pior da liga de Fantasy pelo segundo pior da NBA, e assim sucessivamente.

Então, no dia do sorteio da ordem do draft real da NBA, saberemos também a ordem do draft da LPV.

Uma equipe não pode passar três drafts sem fazer uma escolha de primeira rodada, seja essa escolha sua ou adquirida junto a outros times em uma troca. Em razão disso, não será possível que o time faça trocas que importem em deixá-lo três anos sem escolhas de primeira rodada no draft.

2.3.1 Contratos dos jogadores draftados

Os novatos draftados a partir do Draft de 2010 receberão seu salário de acordo com a posição que foram draftados. A escala de salário de rookies pode ser acessada através do seguinte link: https://docs.google.com/spreadsheets/d/12phDEFL29uuMNcWwFCN4UB2XG61x7HT_a7384BLNQC8/pubhtml. 

Os contratos dos rookies draftados têm 2 anos de duração. Ao final do 2º ano de contrato, o time terá a opção (Team option) de prorrogar o contrato por mais duas temporadas. Ao fim do 4º ano (ou do 2º ano, caso a opção não seja exercida) o jogador se torna um Free Agent restrito.

A team option dos contratos do rookie deve ser exercida antes do início do primeiro jogo da terceira temporada. Iniciada a primeira partida da temporada, será presumido que o time exerceu a opção de manter o rookie sob contrato. (Definido em Outubro de 2018).

Caso a team option seja recusada e o jogador dispensado, esse se tornará Free Agents irrestrito.

2.4. Direitos

Jogadores com contratos com os times do Fantasy, porém sem contrato ativo com um time da NBA, podem ter seus contratos classificados como “direito”, a pedido do GM que os tiver no elenco.

O pedido de classificação como “direitos” deverá ser feito quando o mercado estiver aberto.

Os direitos sobre jogadores não contam para os limites mínimo e máximo de elenco e nem na folha salarial, mas a duração do contrato será contada mesmo nas temporadas em que os jogadores tenham sido considerados “direitos”.

Cada time poderá ter direitos sobre até dois jogadores. Esse limite de dois jogadores não se aplica aos jogadores que foram draftados no Fantasy e que nunca tiveram contrato na NBA (ou seja, esses jogadores não contam para os limites mínimo e máximo de elenco, para a folha salarial e nem para o limite de direitos sobre jogadores).

(Definido conforme votação em Março de 2021)

Para os rookies draftados no Fantasy e que nunca tiveram contrato na NBA, o primeiro ano de contrato deles no Fantasy será iniciado apenas quando eles deixarem de ser “direito”.

2.4.1. Two-Way Contracts

Os GMs de cada time devem anunciar, até o início da temporada, se os jogadores com two-way contracts na NBA serão considerados ativos ou inativos (direitos) para a temporada. (Definido conforme votação em Outubro de 2019). 

2.4.2. Contusões

Se um jogador se machucar e for listado como “out for season” no site da NBA (ou segundo sites especializados ou outras fontes confiáveis de notícias), apenas 20% de seu salário irá contar na folha de salário da equipe, e o time ganhará mais um espaço no elenco para assinar um novo jogador.

O jogador contundido e com previsão de retorno para após o término da temporada do regular do Fantasy poderá ser considerado “out for season”.

As contusões que não sejam “out for season” não afetarão os contratos do Fantasy.

3. Trocas

As trocas serão anunciadas na lista de e-mails da Liga, em tópico próprio a ser criado em cada temporada. A confirmação da troca dependerá da manifestação de todos os GMs envolvidos, declarando a concordância.

As trocas estão abertas em toda offseason, exceto nos períodos indicados pelo Calendário de cada temporada. Durante a temporada, também constará no Calendário uma data-limite de trocas. Após essa data, o mercado continuará fechado até o final dos playoffs do Fantasy, reabrindo imediatamente após as finais.  

Durante a mesma semana da temporada regular, as trocas estão liberadas entre à 0h01 da segunda-feira e 23h59 da quarta-feira. Trocas feitas fora deste período somente serão processadas na segunda-feira seguinte para fins de escalação, já que essa não pode ser alterada após o início da rodada, usualmente na segunda-feira a noite.

Se a troca for anunciada dentro do horário-limite estabelecido, ela será processada mesmo que a confirmação dos demais seja feita após esse limite. Não é possível realizar ajustes na troca após o prazo-limite. (Definido por votação em Março de 2021)

As trocas podem envolver escolhas de draft e quantos jogadores cada time quiser, além de multas. Também podem envolver mais de dois times. 

As trocas que envolvam escolhas de draft podem incluir  proteções, que serão indicadas nas planilhas de elenco. É responsabilidade de cada GM indicar para a Liga caso os gatilhos de proteções sejam atingidos para que sejam feitos os devidos ajustes. 

Ao realizar uma troca, o time só poderá receber multas se não estiver negativo no campo “Cap Free Agency”. (Alteração por votação em Março de 2021)

4. Free Agents

Iniciada a offseason, todos os jogadores cujos contratos do Fantasy expiraram são considerados Free Agents restritos dos respectivos times que os tinham no elenco. 

Os jogadores que já estavam sem contrato e aqueles que vierem a ser dispensados são considerados Free Agents irrestritos.

Os Free Agents poderão ser contratados no leilão da offseason (FA restritos e irrestritos) e nos leilões semanais (FA irrestritos).

O time que dispensou um jogador só poderá dar lances nesse mesmo Free Agent após 5 semanas de jogos de temporada regular.

4.1. Leilão da Off-season

Os Free Agents irrestritos e restritos serão levados ao leilão da offseason. Para isso, será criado um Painel com todos os Free Agents disponíveis, divididos por posição. Na lista de e-mails da Liga, serão criados tópicos específicos para os lances dos Free Agents de cada posição.

Os lances do leilão da offseason serão dados mediante envio de respostas para o tópico de e-mail da posição correspondente, indicando o nome do jogador, o valor do salário por ano e o número de anos do contrato. Exemplo: Carlos Boozer – 10 milhões – 4 anos.

Caso um jogador não receba outro lance superior em 24 horas, o GM terá adquirido o jogador, que portanto estará fora do leilão a partir dali.

O leilão terá duração de 7 dias ou até que não ocorram mais lances, o que chegar antes.

O início do leilão da offseason se dará às 18h de um sábado determinado pelo calendário de cada ano. (Alterado por votações em Outubro de 2017 e Julho de 2018).

4.1.1 Lances

O mínimo para se dar lance num jogador é $750.000 por ano. Não há valor máximo para lance em um jogador.

A duração máxima de um contrato na LPV é de 5 anos.

Os lances do leilão da off-season seguirão os seguintes critérios:

  • Lances entre $750.000 e $2.000.000: Aumento mínimo de $250.000 sobre o lance vigente;
  • Lances entre $2.000.000 e $8.000.000: Aumento mínimo de $500.000  sobre o lance vigente;
  • Lances acima de $8.000.000: Aumento mínimo de $1.000.000 sobre o lance vigente.

Se um GM não possuir cap para aumentar um lance nos termos da tabela acima,  mas ainda tiver condições de aumentar o lance com o cap total disponível, ele poderá oferecer lance com todo o espaço de cap que ainda tiver sobrando. Exemplo: Lance vigente de $8.000.000. GM tem $8.345.000 de cap.  O lance desse GM no valor de $8.345.000 será válido, embora não aumente o mínimo de $1.000.000.

Os lances deverão seguir os seguintes parâmetros de duração do contrato:

  • Contratos de até $2.000.000: duração máxima de 2 anos. (Alterado por votação em Março de 2021);
  • Contratos acima de $2.000.000 e até $5.000.000: até 5 anos;
  • Contratos acima de $5.000.000 e até $8.000.000: duração mínima de 2 anos e máxima de 5 anos;
  • Contratos acima de $8.000.000 e até $10.000.000: duração mínima de 3 anos  e máxima de 5 anos
  • Contratos acima de $10.000.000: duração mínima de 4 anos e máxima de 5 anos.

No leilão da offseason, os lances que somente aumentem a duração do contrato, mas não aumentem o salário, não serão tidos como válidos. (Alterado por votação em Outubro de 2017).

O GM que possui direito sobre determinado jogador (FA restrito) poderá igualar a oferta enviada por outro GM, sem portanto precisar aumentá-la.

4.1.2. Cap Free Agency

(Alteração por votação em Março de 2021):

A partir da offseason de 2022, o sistema do leilão dos Free Agents será no formato de “hard cap”.

Em data anterior ao início do leilão de Free Agents da offseason, conforme definido pelo Calendário da offseason, o mercado será fechado para trocas e dispensas.

Nesse momento, será calculado o “Cap Free Agency” disponível para cada GM usar no leilão.

O Cap Free Agency seguirá a seguinte fórmula: teto salarial de $70.000.000 – salários vigentes para a temporada atual – multas para a temporada atual.

Iniciado o Leilão, a somatória dos lances dados por um time para contratação ou renovação de qualquer jogador (inclusive FA restrito), após a aplicação de eventuais descontos, não poderá ultrapassar o Cap Free Agency disponível. 

Exemplo: com um cap disponível de $20.000.000, o GM pode dar um lance de $20.000.000 em qualquer jogador, seja esse FA restrito ou irrestrito. Enquanto no lance dado não for superado, o valor de cap disponível alocado para o lance não poderá ser utilizado em outro jogador. 

O dono do FA restrito beneficia-se com 10% de desconto no salário do jogador que terá seu contrato renovado.

Exemplo: o GM que tem o Steve Nash, ao dar um lance de $10M nele, terá 10% de desconto e, portanto, o renovará por $9M caso não existam outros lances. Outro GM interessado em contratar o Steve Nash deverá dar lance superior a $10M (nesse caso, $11M, pela regra do aumento mínimo). O primeiro GM, dono dos direitos do Nash, poderá então cobrir essa oferta de $11M e, com o desconto, passará a pagar $9.9M. A duração do contrato será aquela do lance que foi coberto (ou seja, lance de $11M por 4 anos, caso coberto com o desconto de FA restrito, gerará um contrato de $9.9M por 4 anos).

Os donos de FAs restritos devem enviar seus lances considerando a oferta “cheia” (sem desconto), porque será esse o valor de referência para os demais GMs. Porém, o desconto será calculado e aplicado diretamente no Painel de FAs, de forma que o Cap Free Agency disponível de cada GM reflita realmente os lances validados.

Mesmo com desconto, os contratos não poderão ser inferiores ao salário mínimo estabelecido pela liga ($750.000). 

Regras de transição para  a off-season de 2022: (Aprovada por votação em 2021):

  • no início da offseason de 2022, haverá um desconto de 10% nos salários vigentes de todos os jogadores.  
  • o desconto do item anterior não poderá transformar um salário superior a 2 milhões em um salário igual ou inferior a 2 milhões. Se esse for o caso, o salário após o desconto será fixado em 2.000.001._

4.2. Leilões semanais

Durante a temporada, até a trade deadline, ocorrerá um leilão de Free Agents a cada semana.

O leilão semanal é feito “às escuras” (os lances não são abertos para todos). Um e-mail será aberto para receber as propostas, as quais devem ser enviadas apenas para o organizador do leilão daquela semana.

As propostas podem ser feitas entre 0h de quinta-feira até as 23h59 do domingo. Ao final do prazo, a maior proposta válida levará o jogador.

Cada time participará do leilão semanal com o cap e com o número de jogadores que possuam até as 23h59 da quarta-feira.

Os lances dados no leilão semanal deverão ter no máximo dois anos de duração, sempre observado o salário mínimo da Liga.

Em caso de empate no leilão semanal os seguintes critérios serão adotados (Alterado por votação em Março de 2021):

  1. Maior duração do contrato;
  2. Ambos os times possuem a oportunidade de realizar uma nova proposta;
  3. Caso haja novo empate ou nenhum dos times possua mais cap, o time com menos jogadores leva o jogador;
  4. Caso possuam a mesma quantidade de jogadores o time com pior campanha, leva;
  5. Caso possuam campanhas idênticas, sorteio.

Haverá um leilão semanal antes da 1ª semana da temporada regular (Alterado por votação em Março de 2021).

5. Multas

A dispensa de jogadores somente poderá ser feita quando o mercado estiver aberto e deverá ser anunciada na lista geral de e-mail da Liga, em tópico específico a ser criado para cada temporada.

A dispensa de jogadores, seja na temporada ou na offseason, gerará multa para o time que o dispensou, conforme tabela abaixo:

Jogador com salário até 2 milhões por ano – não há multa

Jogador com salário superior a 2 milhões e não superior a 5 milhões por ano – multa de 10% do salário

Jogador com salário superior a 5 milhões e não superior a 7 milhões por ano – multa de 15% do salário

Jogador com salário superior a 7 milhões e não superior a 10 milhões por ano – multa de 20% do salário

Jogador com salário acima de 10 milhões – multa de 25% do salário

A multa terá a mesma duração do contrato do jogador que foi dispensado.

A existência de multas não afeta o teto do time. O valor do contrato do jogador dispensado será excluído imediatamente da folha salarial do time. 

As multas de cada time serão incluídas em espaço próprio na planilha de elencos.

Nos leilões semanais e da offseason, o valor das multas de cada time será deduzido do cap livre de cada time, formando o seu “Cap Free Agency”. Então, um time com 10 milhões livres de cap para os leilões de FAs e que possui 4 milhões de cap em multas só poderá oferecer 6 milhões em salários no leilão.

6. Mudanças de posições

Durante a offseason, em data a ser fixada no calendário, será aberto o procedimento de mudança de posições dos jogadores.

Cada GM poderá solicitar a mudança de posição de até dois dos jogadores de sua equipe ou de seus Free Agents Restritos.

O pedido de mudança de posições será feito mediante envio de mensagem em um tópico específico na lista geral de e-mails da Liga. 

Por ocasião do pedido, o GM poderá apresentar as razões que o fundamentam. Recomenda-se que sejam incluídas estatísticas dos sites basketballreference e 82games.

Após o prazo para os pedidos de mudança de posição, será aberto prazo para as objeções aos pedidos.

Os pedidos que não sofrerem objeções durante o prazo assinalado serão considerados aceitos.

Os pedidos que vierem a sofrer pelo menos uma objeção serão colocados em votação, a ser feita em prazo determinado na sequência, através de formulário do Google. Em caso de empate, a mudança não é aprovada.

As datas e prazos são estabelecidos a cada off-season.

Os GMs também poderão apresentar pedidos de remoção de combo de seus jogadores ou de seus Free Agents Restritos. Os pedidos de remoção de combo são imediatamente aceitos, independente de objeção ou votação. Não há limite para os pedidos de remoção de combo.

7. Escalação e pontuação

Antes de cada semana de jogos, o GM deverá escalar a sua equipe para todos os jogos daquela semana, na planilha compartilhada de “Escalações”.

As escalações podem ser diferentes para cada jogo. Se não houver preenchimento da planilha, será utilizada a escalação da última partida com escalação preenchida.

As escalações devem ter um jogador titular e um jogador reserva para cada uma das seguintes posições:

PG, SG, SF, PF, C, Sexto Homem (o sexto homem pode ser um jogador de qualquer posição)

Um mesmo jogador pode ser reserva em mais de uma posição, desde que sua posição do Fantasy corresponda a elas. Um jogador titular em uma posição poderá ser escalado como reserva de outra. Porém, suas estatísticas somente serão consideradas uma única vez, de modo que ele poderá ser substituído pelo reserva da outra posição.

Os números reais que servirão para os jogos do Fantasy corresponderão aos primeiros jogos reais de cada semana, conforme calendário da LPV. Então, para o primeiro jogo da Liga de Fantasy, será usado o primeiro jogo que o jogador fizer naquela semana na NBA. Se um jogador disputar 4 partidas na NBA em uma semana, mas se o Fantasy tiver apenas 3 jogos agendados para a semana, o quarto jogo real será ignorado.

Cada semana de jogos do Fantasy começará na segunda-feira, salvo se o calendário da temporada regular dispuser o contrário. 

Exemplo: Gary Payton faria três jogos na semana real da NBA: (MIA, ORL, CHA, nessa ordem). O time dele do Fantasy tem três jogos nessa mesma semana (Jogo 1, Jogo 2 e Jogo 3). 

O time dele está assim escalado para os três jogos do Fantasy:

PG titular Gary Payton (PG) / PG reserva Brent Barry (PG/SG)

SG titular Brent Barry (PG/SG) / SG reserva Hersey Hawkins (SG)

O Gary Payton não joga a partida contra o MIA, mas joga contra ORL e CHA. Brent Barry e Hersey Hawkins jogaram contra MIA, ORL e CHA.

Então, para o Jogo 1 do Fantasy, serão usadas as estatísticas do Gary Payton no jogo contra ORL e do Brent Barry no jogo contra MIA. Para o Jogo 2 do Fantasy, serão usadas as estatísticas do Gary Payton no jogo contra CHA e do Brent Barry no jogo contra ORL. Para o Jogo 3 do Fantasy, Gary Payton não tem partida disponível, de modo que devem entrar as estatísticas do reserva dele como PG (Brent Barry, usando o jogo contra CHA). Com isso, o Brent Barry deixa vaga a posição de SG, exigindo que entre o reserva dele (Hersey Hawkins, usando os números do jogo contra MIA). 

Se não houver um reserva disponível para dada posição, o time do Fantasy jogará com um jogador a menos.

A pontuação do jogo do Fantasy será por categorias, conforme números do site Yahoo Sports. As categorias da liga são:

Pontos, Rebotes, Assistências, Roubos, Tocos, Bolas de 3, Turnovers

Cada time disputará os Jogos do Fantasy usando os números dos seus seis jogadores titulares ou dos reservas que vierem a substituir um titular. Os números desses seis jogadores serão somados em cada categoria.

O time com maior soma será o vencedor daquela categoria (com exceção da categoria turnovers, que será vencida por quem tiver a menor soma). A vitória do Jogo do Fantasy será da equipe que vencer mais categorias. Se houver empate no número de categorias vencidas por cada time, o resultado do Jogo do Fantasy será empate.

8. Classificação

A Classificação do Fantasy na temporada regular será definida pelo número de vitórias. Os critérios de desempate são os seguintes, em ordem:

1 – número de empates; 

2 – confronto direto; 

3 – maior número de vitórias contra os times da mesma divisão; 

4 – maior média na soma de todas as categorias (pontos, rebotes, assistências, roubos, tocos, bolas de 3, e subtraindo os turnovers do total); 

5 – maior média de Pontos; 

6 – maior média de Rebotes; 

7 – maior média de Assistências; 

8 – maior média de Roubos; 

9 – maior média de Tocos; 

10 – maior número de Bolas de 3; 

11 – menor média de Turnovers; 

12 – Sorteio.

9. Playoffs

Os playoffs serão disputados durante o período da temporada regular da NBA real. 

Os oito melhores times de cada conferência serão pareado da seguinte forma:

Primeira rodada – Melhor de 5 jogos

A: Primeiro x Oitavo

B: Quarto x Quinto

C: Segundo x Sétimo

D: Terceiro x Sexto

Segunda Rodada – Melhor de 5 jogos

1: Vencedor de A x Vencedor de B

2: Vencedor de C x Vencedor de D

Final de Conferência – Melhor de 5 jogos

Vencedor de 1 x Vencedor de 2

Os campeões de conferência se enfrentam na final da Liga, que também será em melhor de 5 jogos.

Em caso de empate na série de playoffs, será declarado como vencedor da série o time com melhor campanha durante a temporada regular.

As séries de playoff não são divididas por semana. Os 5 jogos de cada série são os 5 primeiros jogos de cada jogador, a contar do início de cada série. 

Uma nova série de playoffs começará assim que as séries dos dois times envolvidos for encerrada.

A data de início dos playoffs será divulgada junto com o calendário da temporada.

10. Calendário

10.1. Offseason

O calendário da offseason terá a seguinte estrutura, e será ajustado a cada temporada, conforme as datas de início da temporada da NBA.

Na definição do calendário, deverá ser observado que o Leilão da Off-Season deverá começar às 18h de um sábado.

  • 03 de Agosto às 23h59: fechamento do mercado ;
  • 07 de Agosto às 18h00 até 14 de Agosto: Leilão da Off-Season;
  • 15 de Agosto: Trocas voltam a ser permitidas (mercado reaberto);
  • 16 de Agosto até 22 de Agosto: Draft de Novatos (ou até acabarem as escolhas);
  • 23 de Agosto até 28 de Agosto: Solicitação para mudança de posições; 
  • 29 e 30 de agosto: Prazo para oposição aos pedidos de mudança de posição;
  • 31 de Agosto até 07 de Setembro: Votação para as solicitações sem aprovação direta;
  • 10 de Outubro: Limite para os times ficarem dentro do limite de salário e elenco;
  • 11 de Outubro até 17 de Outubro: Primeiro leilão semanal (antes do início da temporada regular);
  • 19 de Outubro: Deadline escalação semana 1.

10.2. Temporada regular

A temporada regular seguirá o seguinte calendário (definido por votação em Março de 2021):

  • 2 jogos contra todos os times da sua conferência = total de 22 jogos;
  • 1 jogo contra todos os times da conferência oposta = total de 12 jogos;
  • 1 jogo contra todos os times de uma das divisões da conferência oposta (as divisões que se enfrentam neste bloco de jogos se alternam a cada ano) = total de 6 jogos.

Total: 40 jogos na temporada regular.

Ex: Nesse revezamento, Divisão Nash em ano par enfrenta Divisão Jordan, em ano ímpar enfrenta Divisão Kobe.

11. Deliberações e alterações de regras

As deliberações sobre a Liga serão tomadas pelo voto da maioria dos GMs.

As mudanças de regras poderão ser sugeridas por qualquer GM da liga.

Juntamente com o calendário, serão divulgados os períodos para proposição, discussão e votação das mudanças de regras.

Uma proposta de mudança de regras, caso rejeitada, não poderá ser reapresentada na temporada imediatamente seguinte.